Curiosidades

50 situações de risco – Saiba como salvar sua vida e ficar em segurança – Parte 2/5

Este artigo é a continuação de 50 situações de risco – Saiba como salvar sua vida e ficar em segurança – Parte 1/5

11. Um acidente de avião

Acidente de avião
Acidente de avião

Acidentes de avião não são necessariamente tão graves como os filmes fazem parecer. Então não entre em pânico. Se você estiver vivo após o pouso, há uma boa chance de que você possa escapar vivo. Mas há um problema. Você tem apenas 90 segundos para fazê-lo. Logo após o pouso forçado, a aeronave provavelmente será engolida em um incêndio causado pelo impacto e isso leva um pouco mais de um minuto. Portanto, não relaxe depois que você sobreviveu ao impacto.

Após a queda de avião, saia do avião o mais rápido possível. E isso parece muito óbvio, mas é para salvar a sua vida. Não carregue sua bagagem para fora, e lembre-se que os primeiros 3 minutos após a decolagem e os últimos 8 minutos antes do pouso é o momento mais provável em que um avião é propenso a um acidente. Então não cochile, e ponha sua cabeça para baixo em seus joelhos quando você perceber que há um acidente iminente e certifique-se de que você está usando seu cinto de segurança.

Use sua máscara de oxigênio assim que ela cair. Aja rápido e salve quantas vidas você puder. Caso o avião aterrisse na água água, coloque seu colete salva-vidas, mas não o infle (mesmo que haja água no avião) até sair do avião. Porque se o colete for inflado e você está na água dentro do avião, o colete irá forçá-lo para o topo e você será preso enquanto a aeronave se enche de água.

O mais importante, siga as instruções dos comissários de bordo.

12. Navio afundando

navio afundando
navio afundando

Use um colete salva-vidas e siga as instruções que seu capitão dá. Não salte na água se a queda vai ser de mais de 20m porque você estará caindo em uma velocidade de 80 km/h, o que fará a superfície da água parecer tão dura como concreto e você pode acabar com uma lesão grave ou até morrer. Sua prioridade deve ser colocar seus entes queridos em um barco salva-vidas e depois esperar para ser resgatado.

13. Ataque de urso

Ataque de urso
Ataque de urso

Regra número 1: Não corra. Ou escale árvores. Os ursos são excelentes em escalar árvores. Fique de pé e faça barulhos muito altos. Acene suas mãos acima de sua cabeça para que você pareça maior para o urso. E se o urso te atacar, vá para trás. Não encurrale o urso. Use qualquer coisa que você possa encontrar como varas e pedras para atacar o urso.

Foque no rosto e no focinho do urso. Se o urso souber que você não vai parar,  ele vai desistir. Se ele já te atacou, deite-se e pare de respirar. Se o urso acreditar que você não é uma ameaça, ele vai te deixar. Certifique-se de manter-se deitado assim, porque os ursos são conhecidos para esperar para se certificar de que eles não estão sendo enganados.

14. Asfixia

Asfixia
Asfixia

Primeiro veja se você pode tossir ou falar. Se você pode, sua traqueia não está completamente bloqueada. Não beba nada para ajudá-lo a engolir a comida, pois pode tornar as coisas piores. Tussa o mais forte que puder. Alternativamente, você também pode fazer pressão com o punho e pressionar seu estômago abaixo de sua caixa torácica e acima do seu umbigo.

Se você não está sozinho, peça ao seu amigo para fazer isso. É mais eficaz se eles segurarem você por trás e pressionar o punho contra seu estômago na frente. Isso deve ajudar a desalojar a comida se esse for o caso. Se tudo isso falhar, ligue para o serviço de emergência. Mesmo se você não pode falar, eles vão enviar ajuda, desde que você não desligue.

15. Dor no peito ou desconforto na região do peito

Dor no peito
Dor no peito

Na maioria dos casos, desconforto ou dor na região do tórax não é nada grave. Mas como você sabe que não é sério? Quando a dor dura apenas alguns minutos, quando os antiácidos aliviam a dor, quando a dor aumenta quando você respira fundo e reduz se você não respirar por alguns segundos ou quando você pode reconhecer o local exato onde há dor. É mais provável que seja um problema de digestão e nada sério.

Se não é como qualquer dor não é aliviada com a medicina, ele se espalha para outras partes do seu corpo como o pescoço, mandíbula, ombros ou braços e é acompanhada de falta de ar ou sudorese ou vômitos ou náuseas, Você deve definitivamente consultar um médico.

16. Uma reação alérgica grave aos alimentos

Reação alérgica
Reação alérgica

Você sabe que está tendo uma reação alérgica à comida quando sente sibilos repentinos, tem dificuldade para respirar, sente tonturas, desmaia, pulso fraco ou rápido, ou sente inchaço facial. Em qualquer caso, você terá que levar a vítima para o pronto socorro imediatamente.

Se a vítima já experimentou tal reação antes, ela já deve estar tomando medicação que já tenha sido prescrita. Assim, ela pode imediatamente consumir isso antes de ir para o pronto socorro. Mas você definitivamente tem que consultar um médico.

17. Hemorragia contínua

Hemorragia
Hemorragia

A primeira coisa que você tem a fazer é manter a ferida elevada. Nós não queremos a gravidade ajudando o sangramento. Se a ferida for pequena, lave-a com água e sabão suave. Aplique leve pressão sobre a ferida por 10 minutos com um pano dobrado ou bandagem e o sangramento vai parar. Se a ferida for maior do que a sua palma, não a limpe. Vá para o pronto socorro imediatamente.

18. Uma hemorragia nasal

Sindo sangue do nariz
Sindo sangue do nariz

Sente-se com o rosto ligeiramente dobrado para a frente, pois isso aliviará a pressão das veias nasais e diminuirá o sangramento. Agora pressione a narina sangrando contra o septo e segure até que o sangramento pare. Não assoe o nariz enquanto você faz isso.

19. Um raio

Raio

É seguro  tocar uma pessoa que foi atingida por um raio. Se a pessoa está inconsciente e não está respirando, e se você sabe RCP (Reanimação cardiopulmonar), faça-a. Você não tem que remover a roupa queimada a menos que seja necessário. Chame a assistência médica de emergência imediatamente.

20. Um choque elétrico

Choque elétrico
Choque elétrico

Se o seu amigo está sofrendo um choque, bata no ponto de contato com algo de madeira ou borracha. Não toque nele. Se houver queimaduras graves, procure ajuda médica.

Se você não viu a parte 1 : 50 situações de risco – Saiba como salvar sua vida e ficar em segurança – Parte 1/5

Veja a parte 3: 50 situações de risco – Saiba como salvar sua vida e ficar em segurança – Parte 3/5

2 thoughts on “50 situações de risco – Saiba como salvar sua vida e ficar em segurança – Parte 2/5

Gostou do artigo, encontrou algum erro ou quer dar uma sugestão? Deixe seu comentário :)