Curiosidades

O Batman vs Conde Drácula – A verdadeira história de Bruce Wayne e Vlad III

A dor de Bruce Wayne – O Batman

O cavaleiro das trevas se originou após um trauma durante a infância de Bruce.

Batman

Ainda em sua juventude Bruce Wayne presenciou o assassinato brutal de seus pais por um bandido. Diante de tal situação, que o fez sentir um sofrimento extremamente esmagador e sufocante, ele jura vingar a morte de seus pais, proclamando inimizade e guerra contra todos os marginais do mundo. Suas vestes, inspiradas em um morcego, possui como objetivo amedrontar seus adversários. Dessa maneira nasce este misterioso e peculiar personagem… Este vingador implacável… O Batman.

Bob Kane, criador do personagem, assumiu três influencias distintas na elaboração do Batman. A primeira vem do modelo de uma máquina voadora de da Vinci chamada “Ornithoper”. A segunda do filme “The Mark of Zorro”, segundo Kane, o fato do zorro esconder sua identidade deu a ele a ideia de dar ao Batman uma identidade secreta. A terceira vem de outro filme “Os Whispers Bat”, uma adaptação de um romance de Mary Roberts. O Batman ainda possui alguns traços do Drácula, segundo Kane.

o batman

Em sua batalha solitária contra as forças do mal, o Batman, uma figura oculta e aventureira, luta por justiça. Um detalhe bastante importante é que o herói não utiliza armas de fogo em sua luta inclemente contra o mal, pois seus pais foram mortos por uma arma do tipo.

O Cavaleiro das Trevas possui uma história intensa e triste, e mesmo não possuindo nenhum super poder, ele foi considerado pela revista Comic Heroes Magazine como o melhor super-herói dos quadrinhos.

Segundo Jes Bickman – “O Batman não tem nenhum super poder; tudo o que ele consegue é por sua mente, inteligência e habilidades físicas. Ele é sombrio, conflituoso e trágico e mesmo assim nada menos do que o melhor de nós.”

O verdadeiro Conde Drácula

            Embora o Drácula criado por Bram Stoker seja uma das criaturas mais cruéis e sedentas de sangue da literatura, ele ainda fica anos luz atrás de seu xará da vida real, Vlad III, O Empalador, o príncipe da Valáquia, onde atualmente está situada a Romênia.

            Vlad passou um longo período no início de sua vida em uma prisão turca, e quando foi solto, soube que seu pai havia sido traído pelo seu povo e enterrado vivo por uma infantaria húngara.

            Como vingança, Vlad III convidou todo o povo para um banquete em sua casa. Ao final da festa, seus soldados empalaram cada pessoa presente. Vlad utilizou este mesmo modo de matar inúmeras vezes. Ele atraia pessoas para a sua morada, por meio de festas, e ao término das mesmas ele os matava. Possivelmente, todos já sabiam o que estava por detrás das festas de Vlad, mas elas também sabiam que se recusassem o convite, seriam mortas exatamente onde estavam.

dracula

            Em uma tentativa insana de limpar a cidade dos vírus e doenças existentes, Drácula, certa vez convidou todos os doentes, vagabundos e moradores de rua para uma de suas festas, e como era de se imaginar, ao final da festa, ele educadamente se desculpou e logo em seguida colocou fogo no edifício por completo, enquanto todos ainda estavam lá dentro.

            Relatos de historiadores mostram que o número de mortos empalados por Vlad III está entre 40 a 100 mil pessoas. Ele literalmente inspirou morte. Certa vez o exercito turco encontrou a “floresta dos empalados”, cerca de 20 mil corpos turcos exibidos em estacas.

            Provavelmente este parágrafo de In Search of Dracula é capaz de transmitir de forma reduzida toda a malignidade do Conde Drácula: “Além disso, como o dia chegou, no início da manhã, todos aqueles que tinha tomado em cativeiro, homens e mulheres, jovens e velhos, que tinha empalado na colina pela capela e todo o monte, e sob elas ele passou a comer em uma mesa e obter a sua alegria desta forma”.

Aline Garcez

Gostou do artigo, encontrou algum erro ou quer dar uma sugestão? Deixe seu comentário :)