Política

Bolsonaro ou Haddad: Qual é a melhor opção de voto?

Como já apontava as pesquisas eleitorais do Datafolha, Bolsonaro e Haddad disputam a preferência do povo brasileiro no segundo turno das Eleições 2018. Em uma de nossas mais difíceis decisões, teremos a chance de mudar ou não o curso da história do nosso país.

De um lado, representado a direita, o candidato Jair Bolsonaro. Líder em intensões de voto e também em números de polêmicas. Seu temperamento rude e singular faz de Bolsonaro uma das personalidades de maior destaque da política brasileira nos últimos tempos.

Seja contra ou a favor, o fato é que Jair Bolsonaro está literalmente na boca do povo brasileiro.

Do outro lado, Fernando Haddad, ou podemos dizer Luís Inácio Lula da Silva?

Depois de o Supremo Tribunal Federal barrar a candidatura do penitenciário Lula, o PT lançou o Haddad como seu candidato a Presidência da República. Usando incessantemente o nome e os “feitos” de Lula para conseguir o voto da população brasileira, Haddad segue como sendo a opção de escolha daqueles que defendem a ideia de que o PT só fez o bem para o nosso país.

Apesar de possuir a aceitação de milhões de pessoas, o apoio a um candidato do PT pode parecer um tanto quanto controvérsia. A ideia de colocar de novo um presidente do Partido Trabalhista no comando parece anular totalmente o sentido do impeachment da Dilma, as investigações da Lava Jato e também a condenação de Luís Inácio Lula da Silva.

Mas voltando ao nosso embate inicial, vamos analisar alguns pontos que podem ser cruciais na decisão de qual é a melhor opção de voto para ocupar o cargo de Presidente da República, Bolsonaro ou Haddad?

Reforma na educação brasileira

Recentemente o candidato do PSL revelou que apoia a Educação à Distância desde o ensino fundamental. Pois esta medida ajuda a combater o marxismo presente nas escolas do Brasil e também auxilia na redução dos custos investidos na educação.

Esta proposta do candidato Jair Bolsonaro dá força para os adeptos do Homeschooling e abre as portas para um novo rumo das escolas do Brasil. Seja como for, o sistema de ensino do Brasil é deplorável e necessita de uma reforma urgente, então, qualquer medida de renovação será muito bem-vinda.

Outra grande vantagem dessa medida é que ela une os pais e o governo como responsáveis pelo ensino e educação das crianças e jovens do país.

Já o candidato Fernando Haddad pretende retomar os projetos implementados pelo ex-presidente Lula, que segundo ele, as ações nas escolas do Brasil foram interrompidas no ‘golpe de 2016’.

Entre os planos de Haddad estão a ampliação do ensino integral nas escolas e reforço da obrigatoriedade de crianças e adolescentes frequentarem as escolas. Tornando a educação de nossas crianças uma obrigação do governo, e não dos pais.

 

Propostas de Bolsonaro e Haddad

Confira um breve resumo sobre as principais propostas de cada candidato e analise qual deles é o merecedor do seu voto.

Propostas do Bolsonaro

  • Consolidação do mercado interno no ramo do agronegócio;
  • Melhoria da logística de distribuição no setor do agronegócio;
  • Melhoria e reforma no Bolsa Família, com uma renda mínima para todas as famílias do Brasil;
  • Redirecionamento da política de direitos humanos;
  • Priorização de vítimas de feminicídio e violência doméstica;
  • Não liberação e combate às drogas;
  • Criar novas oportunidades de emprego;
  • Fomentar a economia;
  • Incentivar as investigações da Lava Jato;
  • Redução da carga tributária (impostos).

Propostas do Haddad

  • Criação de novos impostos;
  • Reforma do Poder Judiciário (o que colocaria em risco as investigações da Lava Jato);
  • Programa Dívida Zero;
  • Alteração nas políticas de combate as drogas;
  • Ampliação dos serviços e apoios as vítimas de violência doméstica;
  • Reforçar os investimentos no Bolsa Família.

 

Gostou do artigo, encontrou algum erro ou quer dar uma sugestão? Deixe seu comentário :)