Saúde

Depressão, toda a dor de uma alma

A depressão caracteriza-se pela desordem de humor, ou perturbação emocional, podendo refletir-se em um estado de profunda infelicidade e melancolia, que pode ser passageiro ou permanente.

A depressão é uma doença do corpo todo, e não exclusivamente do pensamento, como alguns crêem.

As doenças depressivas e suas conseqüências frequentemente atrapalham no bem-estar e na felicidade do ambiente familiar.

Ela prejudica o humor, o corpo e o pensamento, arruinando a maneira como a pessoa se alimenta, repousa, pensa e especialmente como ela se sente em relação a si mesmo.

Do ponto de vista da medicina e da psicologia, a depressão é uma síndrome ou grupo de sintomas que afetam em especial o campo emocional de um indivíduo.

Note que uma doença depressiva não é tão somente uma “fossa”, nem tampouco um desânimo momentâneo, a depressão não é uma condição que pode ser superada com esforço e vontade da pessoa doente, e também não é símbolo de fraqueza.

Os depressivos não podem naturalmente se restabelecer-se e melhorar por si só.

Como pensa a maior parte da população.

Compreenda que eles foram atingidos por uma tristeza extremamente profunda, a depressão pode ser considerada como o ápice do sofrimento.

Tipos de Depressão

            As doenças depressivas podem manifestar-se de diversas maneiras. Os três tipos mais comuns são:

  • Distimia: É uma palavra de origem grega, que basicamente significa “mau humor”. Manifesta-se de forma crônica e extensa, que provoca uma sensação de mal-estar. Durante muito tempo o termo foi utilizado para caracterizar indivíduos mal humorados.
    Depressão
  • Depressão Maior: Basicamente, apresenta-se como um grupo de sintomas que prejudicam a capacidade de trabalhar, comer, dormir, namorar, ou seja, impede que a pessoa tenha uma vida normal. Suas características dominantes são infelicidade e irritação. Este tipo de doença depressiva incapacita o indivíduo, e podem aparecer uma ou diversas vezes ao longo da vida do indivíduo.
  • Transtorno Bipolar: Também conhecida como psicose maníaco-depressivo, e não ocorre tão repetidamente como as outras doenças e é caracterizada por intervalos de depressão e euforia. A euforia pode causar muitos contratempos, uma vez que afeta o pensamento, comportamento social e o julgamento crítico.

Sintomas de Depressão

Nem todas as pessoas com depressão apresentam a mesma quantidade e intensidade dos sintomas que será listado a seguir, ou seja, os sintomas podem varias de pessoa para pessoa.

  • Ansiedade e tristeza duradoura
  • Pessimismo
  • Sentimento de culpa e ineficácia
  • Perda do prazer em atividades antes desejada
  • Excesso de sono ou insônia
  • Perda ou ganho de peso
  • Fadiga e desânimo
  • Ideias suicidas
  • Irritabilidade e inquietação
  • Dificuldades de concentração e memória

É imprescindível destacar que a visão negativa está diretamente ligada à depressão, e deste modo não reflete de forma precisa sua real condição.

O pessimismo e o desânimo tendem a desaparecer quando o tratamento começa a fazer efeito.

Até lá, utilize algumas técnicas de auto-ajuda:

  • Separe grandes tarefas em tarefas menores, estabeleça prioridades e faça apenas o que puder
  • Não assuma grandes responsabilidades
  • Procure ficar perto de familiares e amigos
  • Tenha uma vida social, vá ao cinema, parque ou cerimônias religiosas
  • Diga “não” aos seus pensamentos negativos
  • Ame a si mesmo e pratique técnicas de autoconhecimento
  • Tenha paciência com você mesmo, o mau humor às vezes leva um tempo maior para passar.

Indivíduos que apresentam este quadro psiquiátrico necessitam do apoio de amigos e familiares, e lembre-se, a vontade de vencer possui extrema importância durante todo o processo de recuperação.

Depressão em idosos

A depressão em idosos é um mal que preocupa cada vez mais os médicos e especialistas, pois a doença pode vir a afetar outras áreas da saúde de uma pessoa na terceira idade.

A depressão provoca muita angústia e tristeza no indivíduo afetado, e traz consigo sintomas físicos e psicológicos.

Uma das maiores preocupações de médicos e especialistas é que comumente a depressão em idosos é diagnosticada com demência e Alzheimer.

Os males provocados pela depressão são devastadores, por isso, para superar está doença é necessário tratamento médico e muito apoio da família.

Este é um momento muito delicado, e todo carinho e amor recebido será essencial para superar a doença.

A terceira idade pode vir acompanhada de muitas complicações de saúde para uma parcela significativa da população.

Isso porque na maior parte das vezes, por não estar mais envolvido com a frenética rotina de trabalho dos mais jovens, os idosos podem desenvolver sentimentos de isolamento e solidão.

Para evitar os males provocados pela depressão na terceira idade, é fundamental que o idoso mantenha seu círculo social ativo e desenvolva novas rotinas e tarefas para o seu dia a dia.

Uma boa opção é participar de grupos com interesses em comum, praticar exercícios e atividades físicas, além de sempre passar um tempo ao lado da família.

Que são essenciais para a saúde de todo o ser humano.

Não é mesmo?

Depressão em crianças

A depressão infantil é um assunto que preocupa cada vez mais os pais e especialistas, pois o número de crianças afetadas cresce cada vez mais.

A depressão infantil pode ser definida como sendo uma tristeza permanente, que provoca angustia e transtornos alimentares e do sono.

É normal que as crianças afetadas apresentem mau humor e irritabilidade.

Veja abaixo 5 fatos sobre a depressão infantil.

E esteja atento aos sinais emitidos pelas crianças.

1.      Timidez

Comumente as crianças que sofrem com a depressão tendem a serem tímidas e fugir do contato social.

Elas sentem-se desconfortáveis com a companhia de outras pessoas e evitam o contato visual.

Elas tendem a se isolar e preferem ficar sozinhas.

2.      Desempenho escolar

Uma das áreas mais afetadas pela depressão é o rendimento escolar da criança.

Pois a escola torna-se um ambiente realmente desafiador, pois a timidez e a dificuldade de interação social torna essa situação imensamente desafiadora.

Por isso o rendimento escolar da criança e o processo de aprendizagem é fortemente prejudicado.

3.      Transtornos alimentares

A alimentação da criança também tende a ser afetada pela depressão.

Normalmente elas desenvolvem transtornos alimentares como a obesidade e a anorexia.

Algumas crianças tendem a descontar na comida tudo aquilo que lhe faz mal, e assim tem início um outro problema além da depressão.

4.      Família

O ambiente familiar tem grande parcela de culpa no quadro depressivo da criança, desencadeando diversos problemas.

É indispensável que os pais conversem com seus filhos e descubra o que está lhe causando tristeza e dor.

Para juntos superarem essa situação

5.      Suicídio

Os pensamentos suicidas constantemente rondam a mente das crianças, fazendo com que elas se sintam desoladas.

Por vezes, tamanha é a tristeza da criança que ela simplesmente deseja deixar de existir.

Pois na sua cabeça, sua ausência não será sentida, nem ao menos notada por alguém.

O suicídio é o reflexo mais doloroso da depressão.

Ansiedade social

A ansiedade social é um distúrbio psicológico que afeta milhares de pessoas em todo o mundo, e seus efeitos são devastadores na vida do indivíduo afetado.

Levando-o a um estado de isolamento extremo.

Não se sabe ao certo quais são as causas que levam uma pessoa a desenvolver a ansiedade social, o que torna esse problema ainda mais grave.

De uma forma resumida, a ansiedade social é caracterizada pela fobia ou medo da interação com outros indivíduos.

Ela pode se manifestar de forma branda ou acentuada, variando de acordo com os sintomas apresentados por cada pessoa.

Esse distúrbio psicológico abrange pontos complexos, o que o torna incompreensível para algumas pessoas.

Dentre os sintomas mais comuns estão:

  • Suor excessivo
  • Mal estar
  • Dores de cabeça
  • Enjoos e náuseas
  • Desconforto
  • Palpitações
  • Irritações na pela

É importante compreender que os sintomas citados anteriormente acometem alguns indivíduos quando os mesmos são expostos a situações de cunho social.

Historicamente o ser humano desenvolveu-se em sociedade e sua evolução talvez não tivesse ocorrido se fossemos criaturas solitárias.

Porém, devido às grandes mudanças ocorridas ao longo dos anos, e também em partes devido ao avanço tecnológico, estamos nos tornando cada vez mais mesquinhos e egoístas.

Tornando a interação social uma questão demasiadamente complicada para alguns indivíduos.

Para algumas pessoas, interagir com outros seres humanos é uma tarefa realmente complicada.

E nestes casos, a solidão torna-se a melhor companhia.

O fato é que aqueles que sofrem com a ansiedade social sentem a real necessidade de manterem sua privacidade e isolamento.

Seja por motivos morais, éticos ou pessoais.

Tratamento

Atualmente existem inúmeras técnicas e terapias especialmente desenvolvidas para auxiliar pessoas que sofrem com este mal.

Algumas das opções são:

  • Terapia em grupo
  • Musicoterapia
  • Técnicas de relaxamento e meditação

É imprescindível que o indivíduo afetado procure auxilio de profissionais e também de seus familiares para superar este problema.

4 thoughts on “Depressão, toda a dor de uma alma

Gostou do artigo, encontrou algum erro ou quer dar uma sugestão? Deixe seu comentário :)