Curiosidades Saúde

Saiba Porque a Descoberta da Penicilina revolucionou a história da medicina

A penicilina é um antibiótico amplamente conhecido, e sua descoberta teve um papel importantíssimo na história da medicina.

Pode se dizer que a penicilina foi a primeira descoberta do homem que teve grande impacto na medicina.

Tudo isso porque este antibiótico foi descoberto de forma acidental pelo médico inglês Alexander Fleming.

Como ninguém estava à espera deste novo composto, sua inserção no mercado da medicina foi um grande marco e avanço na história da humanidade.

A penicilina foi descoberta por Alexander Fleming durante um estudo de uma bactéria chamada staphylococcus aureus.

O médico inglês iniciou este estudo porque muitas feridas de soldados da Primeira Guerra Mundial feitas por armas de fogo continham a bactéria staphylococcus aureus.

Após algum tempo de estudos e nenhuma conclusão, Alexander Fleming decidiu sair de férias, interrompendo os estudos da bactéria.

Por distração, o médico acabou deixando algumas culturas das bactérias sem a proteção necessária.

Em função disso, nas culturas desprotegidas cresceu uma espécie de fungo, que eliminou a presença dos staphylococcus aureus.

Sendo assim, Fleming chegou à conclusão de que aquele fungo era capaz de destruir por completo aquela bactéria.

Após alguns estudos, o médico inglês descobriu que aquele fungo pertencia ao gênero penicilium, e nomeou sua nova descoberta como penicilina.

Ainda durante seus estudos sobre a penicilina, Fleming percebeu que ela era capaz de combater diversas doenças.

Tanto as mais comuns, como as mais graves.

Descoberta da penicilina

Esta descoberta foi de suma importância no período da Segunda Guerra Mundial, no qual ela era fornecida em larga escala através de um processo de fermentação.

Curando milhares de pessoas com os mais diversos tipos de doenças e infecções.

Porém, o uso inadequado da penicilina torna as bactérias resistente ao seu composto, e ele então perde o seu efeito.

Por isso é essencial que o uso deste antibiótico seja receitado e acompanhado por um médico devidamente qualificado.

 

Gostou do artigo, encontrou algum erro ou quer dar uma sugestão? Deixe seu comentário :)