Curiosidades

Buraco Negro: O que é, como é formado e qual a sua dimensão

Basicamente um buraco negro é formado por uma massa imensamente compactada e de proporções gigantescas, em sua maioria maiores que o sol, formando assim um campo gravitacional tão resistente que nenhum tipo de radiação ou partícula consegue sair dele.

Nos últimos dias a procura por assuntos relacionados aos buracos negros teve um aumento consideravelmente notável, por conta do primeiro registro fotográfico de um buraco negro.

A formação de um Buraco Negro

Um buraco negro é formado de colapsos gravitacionais de corpos celestes. Quando a pressão interna de um corpo, normalmente estrelas, não é suficiente para manter a sua massa, ocorre este fenômeno.

Sendo assim, o núcleo da estrela entra em colapso por conta da gravidade, explodindo e liberando grandes quantidades de energia.

Este fenômeno é conhecido como supernova. Enquanto se desloca a cerca de ¼ da velocidade da luz, toda a massa da estrela fica comprimida em seu núcleo.

Após a explosão, ocorrerá a formação de uma estrela de nêutron, porém, se a estrela for grande o suficiente, a explosão originará um buraco negro.

Como mencionado anteriormente, o campo gravitacional de um buraco negro é tão potente que nenhuma partícula consegue sair dele.

A velocidade de escape, para que a partícula ou radiação conseguisse escapar da força gravitacional de um buraco negro teria de ser maior que a velocidade da luz.

Por este fato, nem mesmo a luz consegue escapar da gravidade de um buraco negro. Pois não há nenhuma partícula ou radiação capaz de se deslocar em uma velocidade superior a velocidade da luz.

O Tamanho de um buraco negro

Os buracos negros podem existir nos mais diversos tamanhos, pois não há uma regra que especifique a sua dimensão.

Os de menores proporções, são conhecidos pela ciência como buraco negro primordial, que possuem basicamente o tamanho de um átomo.

Já os buracos negros de proporções medianas são conhecidos como esteares, cujo a massa total é até 20 vezes maior que o sol.

Os de grandes proporções são chamados de supermassivos, e na maioria das vezes ficam localizados no centro das galáxias.

Como no caso do Sagittarius A, um buraco negro que possui 4 milhões de vezes a massa do Sol e que fica localizado no centro do Via Láctea.

Até os dias de hoje, o maior buraco negro conhecido pelo homem possui cerca de 40 bilhões de vezes a massa do nosso Sol.

Gostou do artigo, encontrou algum erro ou quer dar uma sugestão? Deixe seu comentário :)