Curiosidades

Companhia aérea LaMia seria a responsável pela tragédia da Chapecoense?

O acidente com o avião que transportava a equipe da Chapecoense teve uma enorme repercussão nacional e internacionalmente.

Recentemente evidencias mostraram que o avião da companhia aérea LaMia decolou da Bolívia com destino à Colômbia sem combustível reserva no caso de imprevistos.

É lamentável saber que a falta de combustível para enfrentar qualquer eventualidade durante o voo custou à morte de tantas pessoas.

Indícios apontam que o avião Avro RJ85 da companhia aérea LaMia já havia realizado outras quatro viagens com o combustível no limite.

lamia

Indignado, o presidente do Clube Chapecoense, Ivan Tozzo expressou toda sua revolta com o ocorrido:

“É revoltante que o que aconteceu com todas essas vítimas que tenha sido uma falha da companhia aérea e do piloto, que não está aqui agora para falar o que aconteceu. Isso de pane seca…  Não dá para compreender.

Portanto, não foi um problema no avião, mas de falta de combustível. De pessoas que não aterrissaram para reabastecer.

Não consigo imaginar o que podem ter feito. Como um cara tem autonomia para voar 3.000 quilômetros, mas não tinha margem de segurança para chegar? É complicado.”

lamia

LaMia

De acordo com Juan Upegui, a tripulação do avião da LaMia solicitou prioridade para pousar.

Confira o que o piloto do voo teria dito:

“Solicitamos prioridade para proceder, solicitamos prioridade para proceder ao localizador, temos problemas de combustível.”

“Agora temos uma falha elétrica, temos uma total falha elétrica. Nos ajude a achar a pista, nos ajude a achar a pista.”

Segundo Gustavo Vargas, Executivo da companhia aérea LaMia, a tripulação violou o plano de voo pré-estabelecido e seguiu diretamente para o aeroporto de Medellín.

Porém, o piloto deveria ter feito uma parada em Bogotá, para reabastecer a aeronave.

Veja um trecho da entrevista dada por Gustavo Vargas ao site Estadão:

“O piloto é o único que toma a decisão de não descer, porque ele pensou que o combustível aguentava.

Infelizmente não conseguimos repor o combustível em Cobija. Estávamos atrasados e Cobija não trabalha à noite.

Nós temos alternativas. Uma destas era Bogotá, e se o piloto viu que tinha uma deficiência de combustível, ele tinha todo o poder para entrar e fazer o reabastecimento.”

lamia

Gostou do artigo, encontrou algum erro ou quer dar uma sugestão? Deixe seu comentário :)