Datas Comemorativas

No dia da astronomia, veja imagens e fatos incríveis sobre o universo

No Brasil o dia da astronomia é comemorado no dia 2 de dezembro. A data celebra a ciência que estuda o universo sideral e também os corpos celestes.

Os corpos celestes por sua vez são cometas, estrelas, planetas, galáxias e nebulosas.

Existem evidencias históricas que apontam que a astronomia era estudada desde os tempos pré-históricos.

É imprescindível não confundir astronomia com astrologia.

Pois a astrologia basicamente é uma crença que afirma que o cotidiano de nós seres humanos está diretamente relacionada à posição dos corpos celestes.

 Evolução Astronomia

“O Hubble mudou o curso da ciência com suas descobertas e nos mostrou em profundidade a beleza do Universo” –John Grunsfeld

O telescópio espacial Hubble é o mais significativo de todos os telescópios já construído pelo homem.

Ele é um satélite astronômico artificial que não possui tripulação.

O Hubble transporta em seu interior grandes equipamentos com lentes capazes de detectar luz visível e também infravermelha.

O Hubble recebeu esse nome em homenagem ao célebre astrônomo Edwin Hubble.

Que em 1920 descobriu outras galáxias além da Via Láctea, utilizando instrumentos equivalentes a sua época.

A descoberta foi realizada no observatório de Monte Wilson, próximo de Pasadena, na Califórnia.

O Hubble viaja em sua órbita circular desde 24 de abril de 1990, ele está a aproximadamente 600 km acima do nível do mar.

Viajando a uma velocidade acima de 28.000 km/h, ele já percorreu cerca de 5 milhões de quilômetros.

Veja as imagens mais incríveis tiradas pelo telescópio espacial Hubble.

astronomia

 

astronomia

 

astronomia

 

astronomia

 

astronomia

 

astronomia

Dia da Astronomia

Curiosidades sobre a lua

A lua é um satélite natural que gira em torno da terra desde a sua origem, e está localizada a cerca de 384.405 Km do nosso planeta.

Até o momento, a lua é o único corpo celeste no qual o homem possui a capacidade de chegar.

Acredita-se que somente no nosso sistema solar existem aproximadamente 150 luas.

De acordo com os cientistas, a maior delas é Titãn, que possui o dobro do tamanho da lua que vemos em nosso dia a dia.

Pois ela é 80 vezes menor que a Terra, com aproximadamente 3.500 Km de diâmetro.

Conforme análises, na superfície da lua não são encontrados nenhum tipo de gás ou água.

Em sua face iluminada, a temperatura pode atingir 127°C, enquanto em sua face escura a temperatura gira em torno de – 170°C.

Este satélite natural é realmente muito surpreendente, e desperta a curiosidade de muitos cientistas.

  1. Ela é um pedaço da Terra

Há milhões de anos um planeta anão colidiu com a terra, fazendo com que cerca de 20% de sua massa se desprendesse, dando origem a lua.

  1. Não possui nenhuma atmosfera

Por não possuir nenhuma camada gasosa em sua superfície, o desenvolvimento de qualquer forma de vida nela é inexistente.

  1. Não é redonda

Devida a ausência de rotação e camadas atmosféricas, ela sofre constantes impactos desde o início de sua existência, os grandes impactos ao longo da história a tornaram ligeiramente achatada.

  1. Influencia sobre a maré

No início ela orbitava mais próxima da terra, isso fazia com que a influencia na gravidade alterasse a maré muito mais que nos dias de hoje.

Esse avanço da água sobre a terra, causado pela lua foi extremamente importante para o desenvolvimento da vida no planeta.

Amantes da Astronomia

Oceano congelado em Plutão

De acordo com os representantes da NASA, plutão, também conhecido como planeta anão contém água congelada no subsolo.

Segundo evidências, foram localizadas em uma enorme bacia com vários quilômetros de extensão em Plutão, denominada Sputnik Planitia

Conforme informações, a NASA teria chegado a essa conclusão após analisar as fotografias da sonda New Horizons no ano de 2015.

A descoberta tornou-se pública através de um comunicado da agência italiana de notícias Ansa.

A revista científica Nature também publicou alguns artigos sobre o descobrimento de um oceano congelado em Plutão.

Conforme declarou o responsável pelo estudo Noah Hammond:

“Graças aos incríveis dados transmitidos pela New Horizons, fomos capazes de observar características tectônicas à superfície de Plutão,

De atualizar o nosso modelo de evolução térmica com novos dados e inferir que Plutão tem, provavelmente, um oceano subterrâneo.

O que a New Horizons revelou foi que existem características tectônicas extensionais, que indicam que Plutão passou por um período de expansão global.

A possibilidade de existência de vastos habitats de água líquida, tão longe do Sol, em Plutão – e que o mesmo também poderá ser possível noutros objetos da Cintura de Kuiper – é absolutamente incrível.”

nasa

Plutão

Segundo os astrônomos que analisaram as imagens da sonda da NASA, abaixo da superfície de Plutão pode conter água congelada e que sua textura seria viscosa.

De acordo com as análises feitas por alguns especialistas, o oceano congelado de Plutão teria moldado e estruturado o planeta anão.

Conforme segue as declarações dos especialistas, a água existente em Plutão teria sido responsável pela reorientação sofrida pelo planeta.

E que essa situação pode se repetir novamente no futuro.

Também existe a teoria que a bacia Sputnik Planitia tenha se deslocado ao longo dos anos.

Sendo assim, isso explica as variações no acúmulo de água congelada.

Acredita-se que as mudanças sofridas pelo planeta anão acontecem devido às marés provocadas pela lua Carante.

Pois ela está localizada em uma região próxima a Plutão.

nasa

One thought on “No dia da astronomia, veja imagens e fatos incríveis sobre o universo

Gostou do artigo, encontrou algum erro ou quer dar uma sugestão? Deixe seu comentário :)